Aprendi que se a gente não levar a vida, ela nos leva de qualquer jeito. /CaioF.

Aprendi que se a gente não levar a vida, ela nos leva de qualquer jeito. /CaioF.

  1. onyyyy reblogged this from caiofrases
  2. juranck reblogged this from caiofrases
  3. iam-thayna reblogged this from caiofrases and added:
    Aprendi que se a gente não levar a vida, ela nos leva de qualquer jeito. /CaioF.
  4. gabriela--costa reblogged this from caiofrases
  5. porra-hello reblogged this from y0ur-sm1le-b3auty
  6. y0ur-sm1le-b3auty reblogged this from caiofrases
  7. 66-paradise reblogged this from caiofrases
  8. that-love-is-everything reblogged this from caiofrases
  9. larissaleiite reblogged this from caiofrases
  10. marianamfigueiredo reblogged this from caiofrases
  11. wannbestonllygirlme reblogged this from caiofrases and added:
  12. rockfeeling reblogged this from caiofrases
  13. leonora-nsa reblogged this from caiofrases
  14. 19yearsumaemotiva reblogged this from caiofrases
  15. naopartameucoracaolentamente reblogged this from caiofrases
  16. nathaliagracinha reblogged this from caiofrases
  17. jessicaprass reblogged this from caiofrases
  18. peace-love-and-quotes reblogged this from caiofrases
  19. somewheretobehappy2014 reblogged this from caiofrases
  20. always-fight-for-your-happiness reblogged this from caiofrases and added:
    Aprendi que se a gente não levar a vida, ela nos leva de qualquer jeito.
  21. thayllamaryah reblogged this from caiofrases
  22. coffeewithverses reblogged this from caiofrases
  23. semcliche22 reblogged this from caiofrases


Postado em 8/4/2012 às 12:31

Caio Fernando Loureiro de Abreu nasceu em Santiago em 12 de setembro de 1948 e morreu em Porto Alegre em 25 de fevereiro de 1996 devido a Aids. Foi um jornalista, dramaturgo e escritor brasileiro. Apontado como um dos expoentes de sua geração, a obra de Caio Fernando Abreu, escrita num estilo econômico e bem pessoal, fala de sexo, de medo, de morte e, principalmente, de angustiante solidão.

home
about me
ask
here