Um sorriso, um abraço apertado, uma música, estar com quem eu gosto, rir até a barriga doer. São coisas simples, mas me faz muito feliz. /CaioF.

Um sorriso, um abraço apertado, uma música, estar com quem eu gosto, rir até a barriga doer. São coisas simples, mas me faz muito feliz. /CaioF.

  1. opsiisa reblogged this from caiofrases
  2. jupecoraroblog reblogged this from caiofrases
  3. beattrizdiniz reblogged this from caiofrases
  4. emanuelleantunes reblogged this from caiofrases
  5. camilahornero reblogged this from pan-guim
  6. pan-guim reblogged this from caiofrases
  7. nuestravibracion reblogged this from caiofrases
  8. bugatinho reblogged this from flertador-a
  9. flertador-a reblogged this from caiofrases
  10. 02-11-2013 reblogged this from caiofrases
  11. un-b-ro-k-en reblogged this from caiofrases and added:
    Um sorriso, um abraço apertado, uma música, estar com quem eu gosto, rir até a barriga doer. São coisas simples, mas me...
  12. larissaborgescarvalho reblogged this from caiofrases
  13. sr-smolderholder reblogged this from caiofrases
  14. euteseguiriaparaqualquerlugar reblogged this from caiofrases
  15. nossoencontrohb reblogged this from caiofrases and added:
    #feitapramim


Postado em 26/2/2012 às 10:45

Caio Fernando Loureiro de Abreu nasceu em Santiago em 12 de setembro de 1948 e morreu em Porto Alegre em 25 de fevereiro de 1996 devido a Aids. Foi um jornalista, dramaturgo e escritor brasileiro. Apontado como um dos expoentes de sua geração, a obra de Caio Fernando Abreu, escrita num estilo econômico e bem pessoal, fala de sexo, de medo, de morte e, principalmente, de angustiante solidão.

home
about me
ask
here